domingo, 30 de abril de 2017

A intriga é mãe da raiva E o mau pensamento é pai Da casa da mau querência O desmantelo não sai E enquanto a intriga rende A revolução não cai.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Querida filha Kátinha, bênção e muita paz
Hoje, 22 nasce a primavera em flor/
Neste dia nasceu uma flor linda e perfumada/
Repleta de carinho e de amor
A que demos o nome de Kátia/
Ela é doce e por nós muito amada.
Esta é a forma do pai poeta te parabenizar.
Um beijo e que o nosso bom os ilumine e guarde de todo mal.
Gaudêncio Leal de Brito

segunda-feira, 12 de setembro de 2016



STF fará julgamento de ‘mérito’ do impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff

Em matéria sobre pedidos de liminares negados pela ministra do STF, Rosa Weber, para retirar os direitos políticos de Dilma Rousseff, o G1 informou que a Suprema Corte fará a análise de “mérito” do impeachment. Os 11 ministros se reunirão para fazer o julgamento, porém, não há data marcada para o processo. 
Dito como soberano no processo do impeachment, o Senado pode ter sua decisão sobre a questão anulada – como previsto no Artigo 5º da Constituição Federal de 1988, ou seja, toda decisão do legislativo pode ser revista pelo judiciário. Assim o foi quando o STF definiu o rito do processo que cassou – politicamente – uma presidenta eleita por 54 milhões de brasileiros. O STF, de maneira alguma, poderá se abster de fazer essa análise, já que ficou provado, juridicamente, que a presidenta eleita não cometeu crime de responsabilidade. Os decretos suplementares foram autorizados com a aprovação do PLOA de 2015 e as ditas “pedaladas fiscais” não tiveram as “digitais” de Dilma – conforme despacho do ministério Público sobre o assunto.

sábado, 28 de maio de 2016

Autora de petição contra posse de Lula é funcionária de Gilmar Mendes

O site Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim, divulgou, neste domingo (20), que a advogada autora da petição do PPS contra a posse do Lula é funcionária de Gilmar Mendes, o ministro do Supremo Tribunal Federal que atendeu ao pedido de liminar do partido e suspendeu a nomeação do ex-presidente.

 Marilda de Paula Silveira, além de advogar para o PPS, é professora e coordenadora da pós-graduação no Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), do qual o ministro do STF, Gilmar Mendes, é sócio e também professor.

As informações podem ser confirmadas ao se consultar o site do IDP. O nome da advogada está listado no corpo docente e no corpo dirigente. Também é possível constatar que se trata da mesma advogada que assina a petição do mandado de segurança contra a posse de Lula, no site do próprio STF.

A decisão de Gilmar Mendes de conceder, na última sexta-feira (18), a liminar solicitada por Marilda e pelo PPS foi criticada pelo jurista Wálter Maierovitch, que apontou que ela foi "maculada pelo vício da suspeição".

Segundo o jurista, o ministro do STF antecipou o julgamento, quando se manifestou contra a posse de Lula durante a apreciação dos embargos referentes ao rito de impeachment, dois dias antes de conceder a liminar. "Ele adiantou o que pensava da ida de Lula para o governo e não se pode dar um juízo de valor fora do devido processo", apontou o jurista.

Uma foto do jornal O Globo revela ainda que Mendes reuniu-se com os líderes da oposição tucana, José Serra e Armínio Fraga, pouco antes de chegar ao Supremo, nesse mesmo mesmo dia em que o magistrado fez o pré-julgamento sobre a nomeação do ex-presdiente, no plenário da Corte.
O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, determinou nesta quarta-feira (26) que o presidente interino Michel Temer preste esclarecimentos por escrito em cinco dias sobre a reforma administrativa que realizou no governo; a reforma incluiu nomeação de ministros, fusão e extinção de ministérios e alteração da política externa; a decisão de Barroso foi tomada devido a uma ação apresentada no último dia 23 pelo PDT, que questionou a mudança de projetos e anulação de atos da presidente afastada

O PDT pediu uma liminar para suspender as mudanças sob o argumento de que o afastamento de Dilma é temporário e que Temer não poderia mudar o programa de governo da presidente afastada.
O ministro Barroso afirmou, na decisão, que existe uma presunção da validade dos atos estatais e por isso Temer deve ser ouvido sobre o pedido do PDT antes de qualquer decisão.
Frei Anastácio diz que agora sim: Brasil tem uma quadrilha qualificada no poder.

SERÁ QUE FREI ANASTÁCIO TEM RAZÃO?
SEGUNDO INFORMAÇÕES VINDAS DO VATICANO, O PAPA FRANCISCO CONCORDA
PLENAMENTE COM O FREI ANASTÁCIO.

maio 14, 2016 4:20 pm Comentários desativados em Frei Anastácio diz
que agora sim: Brasil tem uma quadrilha qualificada no poder

DSC_7463DSC_7463“O Brasil acordou hoje governado por uma verdadeira
quadrilha. O governo ilegítimo de Temer tem 15 ministros que
envergonham o povo Brasileiro. São investigados pela Lava Jato e
outras operações, ex-advogado do comando criminoso PCC, acusado de
peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e sonegação
fiscal. Quem é contra a corrupção, apenas foi massa de manobra para
essa verdadeira formação de quadrilha chamada “Ponte Para o Futuro”
chegar ao poder”.

A afirmação é do deputado estadual Frei Anastácio. Segundo ele, esses
sim deveriam ter o mandato cassado, irem para a cadeia e perderem seus
cargos. “Diferente de Dilma que não tem nenhuma acusação de corrupção
contra ela. Até a acusação de pedalada fiscal, objeto do processo de
Impeachment, não tem sustentação jurídica. Na verdade, estão
arrancando das mãos da democracia um governo legítimo para colocar no
poder pessoas que envergonham o povo Brasileiro”, afirmou o deputado.

O deputado acrescentou que o povo esperava um governo salvador.
“Mas,Temer, com essa composição que traz 15 ‘apóstolos do mau’ não
inspira confiança nem empolgação ao povo. Tanto é que aqui em João
Pessoa, tentaram organizar uma manifestação, ontem (12), no Busto de
Tamandaré, em João Pessoa, para comemorar o afastamento de Dilma e
ninguém apareceu. Foi assim no resto do Brasil. O próprio povo que foi
manipulado a sair às ruas pela saída de Dilma, se decepcionou com o
que está vendo na Presidência da República”, afirmou.

O petista disse ainda que espera que a mídia que tanto acusou o PT de
corrupção, divulgue o currículo dos salvadores da pátria do governo
Temer. “Defendemos que a lavaJato, e outras operações, não interrompam
as investigações e coloquem na cadeia quem quer que seja. E nós,assim
como todo povo do Brasil,estamos esperando que esse governo faça o
milagre prometido. Diziam que se tirar o PT do poder, o país
melhorará. Mas, dar para esperar alguma coisa de uma quadrilha no
poder?”, indaga o deputado.

Os 15 ministros corruptos

Ministério da Justiça: Alexandre de Morais (PSDB / SP),ex-advogado do
PCC e sofre diversos processos em São Paulo;Agricultura:Blairo Maggi
(PR/MT),Investigado por lavagem de dinheiro na Operação
Ararath;Cidades:Bruno Araújo (PSDB/PE);recebeu dinheiro de empresas
investigadas na LavaJato;Trabalho:Alex Canziani (PTB/PR),responde por
crime de peculato;Casa Civil:Eliseu Padilha (PMDB/RS),indiciado por
crime em licitações e formação de quadrilha;Articulação:Geddel Vieira
Lima (PMDB/BA),acusado de receber dinheiro de
empreiteiras;Fazenda:Henrique Meirelles (PSDB/GO),acusado por
sonegação de impostos;Relações Internacionais:José Serra (PSDB/SP),tem
17 processos na justiça eleitoral, três deles por improbidade
administrativa e etc.;Comunicações:Gilberto Kassab
(PSD/SP),investigado por fraude na inspeção veicular;Assessor Especial
da Presidência: Sandro Mabel (PMDB/GO);investigado por fraude no
pagamento de auxílio-creche e vale transporte.

Educação:Mendonça Filho (DEM/PE),recebeu 100 milhões da Camargo
Correia na Operação Castelo de Areia;Defesa:Newton Cardozo Jr.
(PMDB/MG),teve seus bens e de seu pai bloqueados pela PF por emissão
de notas fiscais falsas;Desenvolvimento Social:Osmar Terra
(PMDB/RS),cometeu irregularidades nas gestões de Terra na Secretaria
de Saúde em uma prefeitura e foi condenado a pagamento de
multa;Esportes:Leonardo Picciani (PMDB/RJ),investigado por crime
eleitoral;Planejamento:Romero Jucá (PMDB/RR),investigado por receber
propina e desvios de dinheiro na Lava Jato.Nenhuma Mulher foi indicada
para Ministra em qualquer pasta que seja.


MANIFESTO CULTURA PELA DEMOCRACIA

Descrição: https://d22r54gnmuhwmk.cloudfront.net/photos/5/un/xn/iFunXnGhDjVTAHa-800x450-noPad.jpg?1459948341
O que vivemos hoje no Brasil é uma clara ameaça ao que foi conquistado a duras penas: a democracia. Uma democracia ainda incompleta, é verdade, mas que soube, nos últimos anos, avançar de maneira decidida na luta contra as desigualdades e injustiças, na conquista de mais espaço de liberdade, na eterna tentativa de transformar este nosso país na casa de todos e não na dos poucos privilegiados de sempre.
Nós, trabalhadores das artes e da cultura em seus mais diversos segmentos de expressão, estamos unidos na defesa dessa democracia.
Da mesma forma que as artes e a cultura do nosso país se expressam em sua plena – e rica, e enriquecedora – diversidade, nós também integramos as mais diversas opções ideológicas, políticas, eleitorais.
Mas nos une, acima de tudo, a defesa do bem maior: a democracia. O respeito à vontade da maioria. O respeito à diversidade de opiniões.
Entendemos claramente que o recurso que permite a instauração do impedimento presidencial - isso que em português castiço é chamado de 'impeachment' - integra a Constituição Cidadã de 1988.
E é precisamente por isso, pelo respeito à Constituição, escudo maior da democracia, que seu uso indevido e irresponsável se constitui em um golpe branco, um golpe institucional, mas sempre um golpe. Quando não há base alguma para a sua aplicação, o que existe é um golpe de Estado.
Muitos de nós vivemos, aqui e em outros países, o fim da democracia. Todos nós, de todas as gerações, vivemos a reconquista dessa democracia. Defendemos e defenderemos, sempre, o direito à crítica, por mais contundente que seja, ao governo - a este e a qualquer outro. Mas, acima de tudo, defendemos e defenderemos a democracia reconquistada. Uma democracia, vale reiterar, que precisa avançar, e muito. Que não seja apenas o direito de votar, mas de participar, abranger, enfim, uma democracia completa, sem fim. Em que cada um possa reivindicar o direito à terra, ao meio-ambiente, à vida. À dignidade. Ela custou muita luta, sacrifício e vidas. Custou esperanças e desesperanças.
Que isso que tentam agora os ressentidos da derrota e os aventureiros do desastre não custe o futuro dos nossos filhos e netos.
Estamos reunidos para defender o presente. Para espantar o passado. Para merecer o futuro. Para construir esse futuro. Para merecer o tempo que nos foi dado para viver.
Leonardo Boff
Chico Buarque de Hollanda
Wagner Moura
Fernando Morais
Eric Nepomuceno
Luiz Saraiva de Llavor
Gaudêncio Leal de Brito